AS PRÁTICAS COMPLEMENTARES A SAÚDE

AS PRÁTICAS COMPLEMENTARES A SAÚDE


porque e quais são recomendadas e incluídas pelas Portarias do Ministério da Saúde, PICS

Por

Prof Rosangela V.Bittar:

A Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) surgiu como uma alternativa à política pública permanente e considera não só os mecanismos naturais de prevenção de agravos e recuperação da saúde, mas a abordagem ampliada do processo saúde-doença e a promoção global do cuidado humano.

As pICS por muitos ainda são cjhamadas de práticas alternativas, mas na verdade são práticas co,plementares ei ntegrativas a saúde significando que tais práticas se somam ao cuidado humano no objeito de prevenir doenças, cuidar do aspecto corpo-mente, considerando as questões de qualidade de vida e saúde e que saúde é estar em equilibrio. 

Saúde não é não ter odenças ainda somatizadas mas estar em equilbrío no corpo, no mental, emocional e espiritual.


Você sabe como surgiram as Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS)?
Em 1972, visando garantir o mais alto grau de saúde para todos os seres humanos, a Organização Mundial de Saúde (OMS) criou o Departamento de Medicina Tradicional a fim de encorajar os países membros a utilizarem abordagens mais naturais, seguras e custo-efetivas, devido aos resultados positivos observados nos indicadores de saúde dos países que utilizavam as Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas. No Brasil, tais abordagens foram institucionalizadas no SUS com o nome de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS), seguindo as recomendações da Declaração de Alma-Ata para a Atenção Primária à Saúde e o anseio da população expresso na 8ª Conferência Nacional de Saúde.


Algumas PICS são milenares e utilizadas como recursos terapêuticos em muitos sistemas públicos e privados de saúde, como o inglês e o norte-americano, e muitos dos seus benefícios para a promoção, tratamento e reabilitação da saúde são legitimados socialmente e também comprovados por pesquisas científicas. As PICS promovem uma nova cultura de cuidado, fortalecendo o vínculo terapeuta-paciente, o empoderamento do indivíduo e seu protagonismo no processo de cura, possuindo grande potencial desmedicalizador. As PICS não concorrem com os tratamentos convencionais, apenas complementam e possibilitam um olhar integrativo na saúde.
Essa política, inclusive, teve impacto na nova Classificação Internacional de Doenças e Problemas relacionados à Saúde (CID-11), que passou a considerar os modelos de diagnóstico energético das Medicinas Tradicionais, aliado à taxonomia utilizada nos diagnósticos da Medicina Tradicional Chinesa, Japonesa e Coreana. A partir dessa mudança, foram criados padrões e códigos pela Organização Mundial da Saúde (OMS) que permitem aos profissionais o registro de suas avaliações como, por exemplo, “Padrão de estagnação do Qí do Fígado (SF57), possibilitando a inserção destes em pesquisas científicas que investigam recursos terapêuticos como Acupuntura, Práticas Mente e Corpo, e Fitoterapia.
Você sabia que é possível oferecer serviços de Fisioterapia e de Terapia Ocupacional à população por meio da utilização de portarias de saúde?
E você sabia que, ao disponibilizar as Práticas Integrativas e Complementares em Saúde, as chamadas PICS, você está promovendo saúde, prevenindo doenças e, consequentemente, reduzindo os gastos com fármacos e com internação hospitalar? Invista em bons hábitos! Conheça as PICS e veja como oferecer serviços de Fisioterapia e de Terapia Ocupacional no seu município.
Crescimento do número de Práticas Integrativas e Complementares nos anos
2006 - incluídas 5 Práticas
2017 -  10 Práticas
2018 - 14 Práticas
no total de 29 práticas complementares MS


5 práticas em 2006
Acupuntura
Homeopatia
Fitoterapia
Antroposofia
Termalismo
14 incluídas em 2017
Arteterapia,
Ayurveda,
Biodança,
Dança Circular,
Meditação,
Musicoterapia,
Naturopatia,
Osteopatia,
Quiropraxia,
Reflexoterapia,
Reiki,
Shantala,
Terapia Comunitária Integrativa
Yoga
10 incluídas em 2018 
Apiterapia
Aromaterapia
Bioenergética
Constelação familiar
Cromoterapia
Geoterapia
Hipnoterapia
Imposição de mãos
Ozonioterapia
Terapia de Florais