AS VIRTUDES DA MARGARIDA

AS VIRTUDES DA MARGARIDA


as qualidades terapèuticas da megarida para saúde.

A Virtude da Margarida por Rosangela Vecchi Bittar

É originária da Europa, Ásia  e Brasil  floresce em jardins e nos campos o ano todo,suporta frios intensos. Pertence a família botânica das Compostas, dentre suas várias espécies temos as de nome botânico: Chrysanthemum Maximum e Bellis perenis (bellis de bela e perenis de vivaz), suas folhas são largas e pecioladas dispostas em roseta na base do pedúnculo floral piloso. Suas flores são amarelas ao centro e pétalas brancas e inodoras qu se abrem durante o dia seguindo o sol.

Foi cantada por muitos poetas e representada em tapeçarias da Idade Média e Renascença.

A Margarida como planta medicinal possui propriedade antiinflamatória, diurética, depurativa, sudorífera, expectorantes tônica e vulnerarias.

Misturada ao dente de leão revitaliza o fígado, suas folhas esmagadas e usadas em compressa aliviam contusões e entorses.

Como essência floral, temos no Sistema Floral Francês chamada de Pâquerette e a Califórnia Shasta Daisy atua no mental atua na sinterização de informações oriundas de diversas origens. Sua qualidade principal é síntese, união e integração. Indicada para aqueles que coletam informações diversificadas e encontram dificuldade de integrá-las de forma coerente ao todo, isto significa que ela vai auxiliar a estudantes, professores, escritores, pesquisadores, pessoas que trabalham com projetos e projeções que necessitam de grande esforço intelectual, visão global e organização mental.

Para aqueles com grande capacidade de análise, mas pouco poder de sínteseconcede um fio condutor e favorece a concentração. Equilibra o hemisfério esquerdo e direito do cérebro, favorecendo a intuição.  Também reintegra o aspecto emocional. É uma essência interessante para reintegração da memória ou a organização de conhecimentos aprendidos.

No Sistema de Minas daqui do Brasil temos a essência floral Marguerites feita com espécie Chrysanthenun Leucanthemum L. com indicação similar ao já mencionado.

No Sistema Saint Germain também brasileiro, nome botânico: Chrysanthemum leucanthemum. É uma essência interessante para reintegração da memória ou a organização de conhecimentos aprendidos. Indicada para aqueles que coletam informações diversificadas e encontram dificuldade em integrá-las de forma coerente ao todo, isto significa que vai auxiliar a estudantes, professores, escritores, pesquisadores, pessoas que trabalham com projetos e projeções que necessitam de grande esforço intelectual, visão global e organização mental. 

A flor representa uma mandala com muitas pétalas que representam os diversos conhecimentos que convergem para o centro onde se processa as informações que gerará um resultado que é a sintetização das informações processadas.

Viva a Margarida!