A ENERGIA DE CURA DO TOMILHO

A ENERGIA DE CURA DO TOMILHO

a erva tomilho e seus diferentes usos terapêuticos.

A ENERGIA DE CURA DO TOMILHO

por Rosangela Vecchi Bittar

 

As diversas espécies de tomilho são derivadas o tomilho silvestre (thymus serpylum) nativo da Europa. Os caules atingem 20 cm. e possuem pequenas folas de tonalidade cinza-esverdeada com flores brancas ou rosadas/roxas. A subspécie mais conhecida é o Thymus vulgaris pertence à família das labiadas.

É considerada um dos principais ingredientes do Bouquet Garni, famoso tempero francês. O nome científico da planta - "Thymus" - significa coragem em grego. Os antigos gregos e romanos acreditavam que a planta os encorajava e motivava, e ramos de tomilho eram utilizados nos banhos e vestimentas dos guerreiros antes das batalhas.

Esta plantinha de sabor único é indispensável na horta doméstica, podendo ser plantada em vasos e jardineiras, muito embora prefira ser plantada diretamente nos canteiros. Suas folhas pequenas podem ser utilizadas frescas ou desidratadas no tempero de carnes em geral, sopas, pizzas e molhos a base de tomate ou queijo.

Deve ser cultivada sob sol pleno ou meia-sombra, em solo bem drenável, neutro, enriquecido com matéria orgânica e irrigado a intervalos regulares. Não é tolerante a encharcamentos, mas sobrevive bem por curtos períodos de estiagem. Aprecia o clima subtropical. Apesar de perene, o tomilho é conduzido como anual para uso culinário.

O tomilho é ingrediente de perfumes thymus significa perfume, também usado como incenso queimado em altares para as divindades gregas. Segundo a mitologia o tomilho surgiu das lágrimas de Helena de Tróia, os egípcio consideravam eficaz nos processos de embalsamamento devido as propriedades de conservação.

A introdução do tomilho no restante da Europa é creditada aos romanos. Na Idade Média suas qualidades anti-sépticas desempenharam importante papel eram usadas nos tribunais para afastar infecções. Também usado para tratamento de paralisia, esclerose múltipla, lepra e atrofia muscular.

Como óleo essencial tem propriedades: antimicrobiano, anti-reumático, anti-séptico, antiespasmódico, antipurido, antídoto de venenos, estimulante do coração, bactericida, afrodisíaco, cicatrizante, expectorante, hipertensor, tônico, vermífugo, antitussígeno, diurético, inseticida, estimulante do apetite.

É um óleo forte um anti-séptico bastante eficaz que pode ter o uso prolongado. O uso em inalação é o mais recomendado pois, pode causar irritação nas mucosas, o uso na pele deve ser criterioso. É contra-indicado nos casos de gravidez e hipertensão arterial.

Na mente ativa as células do cérebro estimulando a memória e favorecendo a concentração. Funciona como revitalizante e combate sensações de esgotamento e depressão, nos bloqueios e traumas.

No corpo fortifica os pulmões durante o tratamento de resfriados, tosses, inflamações de garganta, especialmente amidalite, faringite, bronquite, coqueluche e asma. Aquece o corpo e ajuda a liberar catarro.

Estimula a ação dos leucócitos e ajuda ao corpo a reagir a doenças e a deter a propagação de germes além de beneficiar o sistema imunológico. Ativa a circulação sanguínea e eleva a pressão arterial nos casos de hipotensão. Pode ser usada no reumatismo, gota, artrite, ciática. É diurético e facilita remoção do ácido úrico. Em compressas pode reduzir inchaços e dores causadas por artrite.

É estimulante digestivo, gases.

Na pele: útil no tratamento de cortes, feridas, dermatites, furúnculos,

sobre a autora do artigo Profª Rosangela Vecchi Bittar

Especialista em Terapia Floral pela UFPE

Florais de Saint Germain, Bach, California, Minas e Pacifico.

Registrada no Conaflor Rioflor 513 -Terapeuta Floral desde 1992

Prof.ª Oficial do Sistema Floral de Saint Germain desde 2012.

Florais - Aromaterapeuta - Mestre em Reiki - Bioletrografista - Cromoterapeuta - Bioletrografista

Escritora e Pesquisadora - livros e cursos on line e presenciais

acesse site equilibriofloralsaude.com 

facebook  Rosangela Vecchi Bittar Florais

instagran prof_rosangelavbittar