Uso da Terapia com Essências Florais na demência de Alzheimer

Uso da Terapia com Essências Florais na demência de Alzheimer


Artigo sobre Uso da Terapia com Essências Florais no Artigo sobre Uso da Terapia com Essências Florais no Alzheimer

 

 Informe-se sobre nossos cursos, curso sobre o Uso das Essências Florais no Alzheimer

Uso da Terapia com Essências Florais na demência de Alzheimer

Prof. Rosangela Vecchi Bittar

Especialista em Terapia floral pela UFPE

Coordenadora de Práticas Complementares da Associação Brasileira de Alzheimer regional Pernambuco  2008/2018

A incidência de casos de Demência de Alzheimer (DA) tem crescido à medida que a população mundial envelhece, e que o mundo atual exige cada vez mais das pessoas. O DA afeta ao paciente e toda família, é uma doença que se caracteriza por dependência da pessoa com Alzheimer de terceiros, onde o indivíduo apresenta alterações não só cognitivas, mas de comportamento e julgamento. O diagnóstico onde não há cura e que implica em perda de autonomia, afastamento do eu é a demência que mais tem crescido no planeta. O cuidado é muito complexo. A família obriga-se a reajustar seus papéis já que em geral o pai ou mãe, sogro, sogra, marido, filho, ou parente vai necessitar de cuidados especiais de forma crescente.

Como conviver com uma doença que afeta a todos de forma contundente?  As inquietações, abalos, desafios, perdas... A Terapia Floral é uma prática não medicamentosa, natural que não traz efeito colateral podendo ser tomada junto a medicamentos e que muito pode ajudar. Esta doença com tanta medicação é importante uma alternativa não medicamentosa, sem droga, natural, que pode ser tomada junto com os medicamentos recomendados pela equipe médica e que além de tudo traga alívio ao sofrimento mental e emocional imposto pela doença.

As essências florais tem sido eficaz auxiliando no controle dos distúrbios de comportamento apresentados dentro da progressão dessa doença, no controle da pessoa com Alzheimer nos distúrbios frequentes a preambulação, inquietação, agressividade, distúrbios de sono, perda espacial, problemas de comunicação, depressão, desconfiança, ansiedade, problemas cognitivos de várias formas, descontrole da mente e corpo. Alzheimer é muito mais que problema de memória!

Venho trabalhando com esta demência desde 2007 e amigos, podemos e muito auxiliar a família e a pessoa com o diagnóstico tão temido da demência de Alzheimer assegurando com a introdução das essências florais qualidade de vida enquanto vida houver.

E a família também necessita de cuidados mesmo o cuidador familiar, o cuidador profissional necessitam de cuidados para que no desempenho da tarefa do cuidado não adoeça. A sobrecarga é grande do cuidador. Procure informar-se sobre a demência, procure ajuda... você não está sozinho.

A Terapia com Essências Florais proporciona a possibilidade de mobilizar e transformar emoções, comportamentos. É necessário o cuidado integral, que proporcione equilíbrio a todos para que a tarefa de enfrentamento do contexto complexo do Alzheimer. 

O ideal seria usar à  Terapia com Essências Florais para tratar as questões que antecedem a doença de forma preventiva, já que sempre tenho visto que há processo depressivo por alguma situação de perda, alguma situação que abala a pessoa que vem a desenvolver a demência. As emoções não tratadas adoecem, baixam a imunidade, baixam o nível vibratório, bloqueiam o chacras, desequilibram espiritualmente e traz dor a alma. As essências florais tratam a alma, a personalidade traz equilíbrio ao emocional, ao energético e ao espiritual em suma trazem saúde! Se num caso como este não curam trazem apoio, trazem lenitivo!

Tenho tido ótimos resultados com esta prática na demência de Alzheimer há 10 anos integro a equipe da Associação Brasileira de Alzheimer e introduzi os florais nesta demência, publiquei livros e participei de congressos falando sobre assunto. O retorno dos usuários tem sido muito positivo.

Relato filho referente a pai depois de uso de fórmula floral recomendada pela Profª Rosangela V.Bittar e que fez o curso de florais no Alzheimer:  “Fiz seu curso de florais de Saint Germain via Skype em dezembro /2017 no intuito de ajudar meu pai que tem é portador de mal de Alzheimer. Ao longo desses quase 5 meses, venho relatar uma significativa melhora no seu quadro clínico. Hoje ele é capaz de dormir tranquilamente 8 horas de sono  sem a necessidade do  uso de medicamentos para isso. As perambulações frenéticas que ele apresentava quase que diariamente  reduziram em 80%. Em eventos de muito calor, ele costuma ficar um pouco mais agitado, mas nada comparado ao passado. Os pulsos de agressividade  praticamente desapareceram. Ele está colaborando. “

  Bittar, Rosangela V. Manual das Essências Florais de Saint Germain no Alzheimer, 2014, Recife, primeira edição. Disponivel para venda neste site!

  Bittar, Rosangela V. Os Benefícios das Essências florais de Bach no Alzheimer, 2011, SP, terceira edição. e também na modalidade ebook disponivel para venda neste site.